Blorange

Não há como explicar a cor Blorange. Dizer apenas que nasce do somatório  entre louro + laranja ou da fruta Blood Orange parece-nos redutor, já que a riqueza desta super cor reside justamente na sua indefinição: do laranja às tonalidades avermelhadas, cor pêssego e até cor-de-rosa, muitas são as tentativas de o definir.

 

Uma coisa é certa, as tonalidades quentes do Blorange são uma das micro-tendências para 2017 criada pela hairstylist Alex Brownsell e irá fazer-nos aceitar com naturalidade a possibilidade de aderir a um cabelo “não-natural”. 

 

Na SELF Magazine, Matrix George Papanikolas, colorista Matrix, explicou que esta cor dura usualmente até 20 lavagens e é ideal para quem procura uma mudança mas não está ainda preparado para assumir um compromisso de cor. Papanikolas aconselha também a utilização frequente de um shampoo seco, para absorver os óleos e dar um aspeto fresco ao cabelo nos intervalos entre as lavagens. É portanto fundamental que mude a sua rotina tradicional para gamas de cuidado adequadas.

 

Depois do Rose Gold, do Strawberry Blonde, chegou a hora de ficar pelos cabelos com esta cor que tem tanto de suave e sonhadora como arrojada e cool. Pela positiva, claro.

 


 

Seja em cabelos curtos…

 

 


 

…como compridos

 

 

 

Caso decida jogar em grande e optar por todo o cabelo…

 

 

https://www.instagram.com/p/BPUyUF3jl73/

 


  

…ou ser mais contida e optar apenas pelas pontas. Com efeito ombré,

 

 


 

As celebridades já lhe deram estatuto, mas os créditos vão para a pioneira na tendência, Georgia May Jagger, filha do Mick Jagger.

 

 


 

Agora só falta um pouco de coragem e… Go!