First Hair Problems: Cabelo seco

 

 

 

É mais comum do que aquilo que se pensa. A boa notícia é que há sempre alguma solução. 

O primeiro passo é sabermos quais as possíveis causas. E, atenção, são inúmeras. Acredites ou não, também o cabelo consegue sofrer de desidratação. E quando não obtém o nível de nutrição de que precisa, transforma-se num cabelo seco e sem vida. 

Em alguns casos, isto traduz-se no tão temido efeito frizz. Noutros, em queda acentuada. 

No entanto, o cabelo pode ser naturalmente seco. A resposta é científica e simples: as glândulas sebáceas não o lubrificam e desta forma, não é hidratado.

E sim, existe uma diferença entre um cabelo seco porque as glândulas assim o quiseram e um cabelo ressecado. Neste segundo caso, o cabelo tornou-se seco por fatores externos: agressões ambientais, químicas ou mecânicas. 

 

Então, o que nos pode fazer ficar com o cabelo seco? E como o podemos resolver?

 

Problema: O tempo

 

Que é como quem diz, a meteorologia. O verão, com tudo aquilo a que tem direito, pode ser um inimigo: sol, cloro, sal, alguns produtos inadequados, … Mas não é só o verão que nos compromete. O inverno, de tão oposto que é, também. Ar condicionado ou frio extremo são algumas das principais causas.

 

Solução: 

 

Sabemos que o Verão está mesmo a terminar mas há dicas que queremos deixar presentes: se adorarem piscinas, tentem utilizar sempre uma touca para proteger o cabelo. Caso não o façam para não comprometer o “estilo”, lavem o cabelo assim que saírem da água com cloro. 

Se ficarmos muito tempo ao sol sem chapéu, devemos tentar não ficar sentadas com os raios a incidirem directamente no couro cabeludo. 

E, muito importante, utilizar produtos com proteção UV sempre em contacto com o sol, para evitar queimaduras e descamação. 

Hidratar sempre o cabelo depois de um dia repleto de adversidades meteorológicas (este conselho é válido para todo o ano). 

 

https://www.instagram.com/p/BqOUIHgiK2d

 

 

Problema: Muitas tentativas de domar ou alisar

 

Demasiadas tentativas, tratamentos e produtos para domar ou alisar o cabelo, podem deixá-lo danificado e seco. O problema não está em fazê-los mas sim na quantidade de vezes que o fazemos – muitas – significa que o acumular de proteína no cabelo, o torna mais quebradiço.

 

Solução: 

 

Esqueçam os processos químicos ou as ferramentas de styling, pelo menos enquanto o cabelo não recuperar a vitalidade. É importante dar-lhe descanso. Conversem com o vosso profissional e encontrem soluções temporárias para ter o cabelo bonito, sem ser preciso “massacrá-lo”

Produtos anti-frizz, loções ou sprays podem ajudar a resolver.

 

 

 

Problema: Mudanças hormonais

 

A toma da pílula, uma gravidez e a menopausa são as mudanças fisiológicas que mais efeito podem ter no cabelo, incluindo falta de brilho e secura.

 

Para as grávidas: visitem o nosso artigo para saberem mais sobre cuidados a ter com os cabelos no pré e pós-parto.

 

Solução: 

 

Quando falamos de temas tão sensíveis quanto estes, a verdade é que ninguém melhor do que um conselheiro médico para ajudar a encontrar a melhor solução. No entanto, existem dicas simples que podem ajudar a atenuar o problema. Lavar o cabelo com água morna e não muito quente é uma delas. A água quente deixa o cabelo mais suscetível aos danos e também o secador deve ser usado em temperaturas mais baixas. 

 

Problema: Shampoo errado

 

Não, os shampoos não são todos iguais. Cada um tem o seu propósito e está preparado para uma necessidade. Usar o shampoo errado pode trazer resultados muito negativos para o nosso cabelo. Acreditem, é menos arriscado lavar o cabelo só com água do que lavar com um shampoo não adequado.

 

Solução: 

 

Bem, parece óbvio, não é? Conversar com as pessoas certas, conhecer os produtos adequados e deixar de lado aqueles que só estão a prejudicar a saúde do cabelo. Trata-se mesmo de saúde e, como tudo na saúde, cada caso é um caso.

 

https://www.instagram.com/p/Bq5aKVfgD1a