Os acessórios voltaram

 

Falamos de sermos livres nas nossas escolhas e opções e relembramos uma tendência tão feminina que nos faz voltar à criança que fomos.

 

Os acessórios sempre foram uma necessidade, seja porque corríamos desalmadamente no recreio da escola com o cabelo sem rumo, por termos franjas curtas que nos impediam a visão, para disfarçar um ou outro arranhão, ou até porque os penteados da altura assim o exigiam. Também por uma questão de conforto, habituámo-nos aos ganchos, às fitas, aos lenços que tanto jeito dão na hora de pentear a criançada.

 

Pois é, os acessórios voltaram e ainda bem.

 

Chegam-nos em formas e feitios diferentes com tamanhos do S ao XXL e trazem só uma regra: usar e abusar.

 

Das pérolas vintage, às flores românticas, passando pelos glitters, vieram para marcar uma posição e isto denota-se também pelos acessórios que carregam um simbolismo associado – palavras de liberdade, de igualdade, de aceitação.

 

Como sabemos a moda é também uma forma de comunicar e as tendências são apenas o espelho do que vivemos enquanto sociedade.

 

Façamos dos nossos princípios uma verdadeira tendência e deixemo-nos levar pela onda infinita de possibilidades:

 

 

 

https://www.instagram.com/p/BsA5f7WA8x8/

 

 

 

https://www.instagram.com/p/BvrMdbqnEoe/

 

 

 

View this post on Instagram

A post shared by Ana Rita Ferreira (@anneriejourney) on

 

 

 

https://www.instagram.com/p/Bvr0qHonKjK/

 

 

 

https://www.instagram.com/p/Bs80iSHgIDX/

 

 

 

https://www.instagram.com/p/BqmWpC6hiwg/