Os mandamentos da pele saudável

Atenção: este é um artigo com regras básicas às quais ninguém pode fugir!

 

Ter uma pele bonita é um desejo comum não só a mulheres como também aos homens. Todos desejam aquele brilho natural, livre de borbulhas ou poros dilatados. Se nuns casos a mãe natureza foi gentil, noutros a situação acaba por ser resolvida com recurso a alguns produtos de make up que ajudam a disfarçar as imperfeições. No entanto, seja qual for o seu tipo de pele, por muito perfeita que seja, existem cuidados que ninguém pode descurar!

Se a pele é o nosso maior orgão, deverá ser cuidado como tal. Afinal, está exposto a todos os tipos de agressão diária e merece os melhores cuidados.

 

Comece por estabelecer uma rotina diária de beleza e saúde que lhe permitirão uma tez perfeita. Os cuidados não são só externos, passam também pelo cuidado com o seu interior. Para além de todos os produtos e tratamentos que possa utilizar, é preciso olhar também para a sua alimentação e hidratação.

 

Limpeza diária: Use maquilhagem diariamente ou não, a limpeza da sua pele é obrigatória. A produção natural da oleosidade obriga a que tenha este cuidado duas vezes ao dia: manhã e noite. O ideal é lavar o rosto com um produto específico para o seu tipo de pele. O gel duche não conta, nem o sabonete das mãos. Aliás, o mais provável é que ainda piore o estado do seu rosto. Lembre-se: produtos específicos para zonas específicas do corpo.

 

Tonificar: Segundo passo após a limpeza! A principal função destes produtos é a uniformização do pH da pele, que sofre alterações diárias devido às agressões externas. Algumas variantes destes produtos têm também como função o controlo da oleosidade e o brilho do rosto. Paralelamente, o tónico ajuda a retirar qualquer impureza que tenha resistido ao processo de limpeza facial. As versões sem álcool deverão ser a sua prioridade na hora da escolha. Isto porque, a substância pode ter efeito irritante e manchar a pele quando exposta ao sol ou secá-la em demasia. Procure ainda usar produtos à base de extratos florais ou botânicos já que estes não só equilibraram o pH como ainda refrescam a pele e reduzem os poros.

 

Hidratação: Depois de limpa, a pele deve ser hidratada, de preferência com um produto que inclua uma acção anti-idade. Pela sua textura mais fluída e alta concentração componentes activos, os séruns podem ser uma boa escolha para si. Procure produtos com ácido hialurónico, uma molécula ‘esponja’ com um forte poder de retenção, capaz de capturar e manter até 1000 vezes o seu próprio peso em água. Os ingredientes antioxidantes ou clareadores de manchas são a sua segunda opção.

 

Exfoliação: Remover as células mortas que ficam acumuladas no corpo e rosto deverá ser uma rotina semanal. Escolha um dia da semana para este processo e use um produto específico para o seu tipo de pele. Massage-a cuidadosamente para não a agredir e lave bem no final de modo a não deixar qualquer vestígio do produto. O uso excessivo de esfoliante pode provocar a produção de oleosidade em excesso. Tenha atenção à regra: uma vez por semana!

 

Desmaquilhar: Aquele passo super importante ao qual a preguiça consegue passar rasteiras. Não pode ser! Ir dormir com maquilhagem é o equivalente a sufocar a pele, já que esta não respira nas suas melhores condições: está suja. Caso o faça, está a aplaudir o aparecimento de borbulhas e dermatites. Parece-lhe correcto? Ir dormir, só depois de cumprir os primeiros três passos deste artigo!

 

Água: A sua principal aliada. Não é cliché! A principal hidratação vem de dentro. Beber muitos líquidos (e não, refrigerantes não conta) deverá ser uma das suas maiores preocupações diárias. No mínimo, aproximadamente 2 litros por dia. É o melhor ingrediente para a libertação de toxinas e regulação do seu corpo.

 

Dieta equilibrada: Quantos mais pecados cometer mais a sua pele, cabelo e unhas se queixarão. Sim, você é o que come. O consumo exagerado de gorduras, açúcar e produto industrializados, será apenas amigo das suas borbulhas, oleosidade excessiva e pontos negros. Opte pelas frutas, vegetais e produtos o mais biológicos possíveis. A sua tez agradece.

 

Protecção Solar: Ao contrário do que possa pensar, a protecção solar não é para usar apenas durante o verão, na praia ou piscina, e quando a temperatura está acima dos 25º… Todos os dias são um bom dia para a protecção solar. Na hora de escolher o seu, opte sempre por um que proteja contra os raios UV e com factor de protecção 30, no mínimo. Deste modo, protege a sua pele contra as agressões externas, previne a vermelhidão da mesma e nunca será surpreendida por um escaldão que “não sabe de onde apareceu”. Lembre-se SEMPRE, que o efeito dos raios UV são cumulativos e potenciam o envelhecimento da derme e cancro da pele.