Short hair, don’t care! E as 5 sugestões que temos para ti.

 

Já pensaram quantas pessoas dizem que vão mudar de vida, fazer algo diferente e a primeira coisa que optam por fazer é… cortar o cabelo? 

 

Existem cortes que fazem toda a diferença e conseguem transformar por completo o look de uma mulher. Se sempre quiseste arriscar mas o receio fala mais alto, hoje falamos de algumas ideias para aquelas que são as melhores sugestões de 2019/2020!

 

#Pixie

Nunca passa de moda e é a escolha perfeita para as mulheres confiantes! Se lhe juntarmos uma coloração diferente ou um undercut, ou seja, conjugar o corte curto com uma nuca mais descoberta, não há quem a desarme! 

A mais valia para esta opção: acabaram-se as longas horas de espelho pela manhã a pensar no que vamos fazer ao cabelo! A partir do momento em que optarmos por um pixie, a rotina passa a ser muito mais simples!

 

 

#Long Pixie

E claro quando ficarmos mais cansadas do cabelo muito curto, não temos de desesperar com aqueles meses de espera até conseguirmos fazer um apanhado. Existe um intermédio por descobrir, nomeadamente a fase long pixie. 

O look sofisticado, com camadas, é extraordinário para quem tem cabelo fino, já que lhe confere um volume extra.

É nesta fase que os produtos de styling passam a ser os nossos grandes amigos: seja para adicionar alguma textura ao corte ou fixar os fios de acordo com as suas preferências.

 

 

#Layered Bob

E depois do pixie, o bob! Se optarmos por este tipo de corte, podemos adicionar-lhe algumas camadas. O resultado final é um daqueles looks que se adequa a qualquer situação: seja para uma festa ou para partir de mochila às costas a descobrir o mundo. Tentadas?

 

 

 

#Angled Bob

O suspeito do costume: todos o adoram, poucos o arriscam. É um dos mais versáteis por se adaptar a cabelos lisos ou ondulados, por ser bonito, demasiado arranjado ou altamente despenteado e por ficar bem com todos os tons.

 

 

#Shaved

Bad hair day? Never again! O mais arrojado de todos os cortes e o que, certamente, causará maior impacto, a ti e a todos! Mas convenhamos, é desafiante demais para não ponderar sequer a pergunta “como é que me ficaria”. Atreve-te?